Home » Dep. de Ensino e Investigação » Departamento de Ciências da Natureza

Departamento de Ciências da Natureza

Atualmente
Ensino da Geografia

Brevemente

Ensino da Biologia

_____________________________________________

O Departamento de Ciências da Natureza (D.C.N.) do ISCED de Benguela da Universidade Katyavala Bwila é, nos termos do seu Estatuto Orgânico, uma pessoa colectiva de direito público, que goza de autonomia científica, pedagógica e administrativa, vocacionada para formar quadros nos cursos de ciências da educação para o ensino da Geografia e Biologia no 1º e 2º Ciclo do Ensino Secundário, bem como para a prestação de serviços á comunidade.

O D.C.N. surgiu no corolário do processo de desenvolvimento do ensino superior na província de Benguela com a criação do primeiro núcleo do ensino superior no âmbito de um compromisso assumido pessoalmente por sua Excelência o Presidente da República, Engenheiro José Eduardo dos Santos, em Agosto de 1992, na cidade do Lobito.

O quadro legal que permitiu utilizar os mecanismos para a criação de uma comissão instaladora do Ensino Superior na Província de Benguela foi o despacho do Presidente da República nº 10/89 de 15 de Setembro.

A Comissão Instaladora do Centro Universitário de Benguela (CICUB) foi credenciada 4 anos mais tarde para tratar de assuntos relacionados com a criação do referido Centro Universitário (CUB) junto do Ministério da Educação, da Reitoria da UAN.

Assim, o curso de Geografia tem o seu início, a 30 de Março de 1993 só com a especialidade de Geografia até a presente data, com a perspectiva de abertura do curso de Biologia.

OBJECTIVOS DO CURSO

O Curso de Ensino da Geografia – Licenciatura, tem como propósito a formação de profissionais da área de Ensino da geografia com um perfil que reflicta o estado do conhecimento, voltados ao desempenho das tarefas ligadas ao universo da educação, relativa à programação, à implementação à pesquisa científica e à avaliação do processo de ensino-aprendizagem no 1º e 2º Ciclo do Ensino Secundário.

Específicos (Educativos e Instrutivos).

  1. Garantir a formação de licenciados em Ensino da Geografia que pensem, pratiquem e trabalhem dentro do processo de ensino-aprendizagem;
  2. Formar profissionais em Geografia para práticas de ensino e pesquisa com as bases teóricas e práticas para reflexão;
  3. Promover a formação sociocultural dos académicos para aplicação em sua vida pessoal e profissional;
  4. Permitir que os académicos exercitem sua criatividade a fim de experimentarem novas situações de trabalho na sala de aula;
  5. Desenvolver postura ético-profissional e responsabilidade social aos estudantes;
  6. Desenvolver o espírito crítico aumentar a capacidade de comunicação oral e escrita de trabalho em grupo e relacionamento intercultural e interpessoal;

Pertinência Socio-Económica Do Curso

  1. Gestores;
  2. Docentes;
  3. Discentes;
  4. Trabalhadores administrativos;
  5. Recursos financeiros.

PERFIL DE ENTRADA

Definição dos requisitos necessários para acesso ao curso.

  • 13ª Classe ou equivalente;
  • Provas de Ingresso: Geografia;
  • Nacional ou Estrangeiro.

PERFIL DE SAÍDA

Definição das competências adquiridas no final do curso;

         Ao nível do saber (conhecimento substantivo):

  • Exercer actividades de docência, elaboração, coordenação de projectos e consultorias na área de educação geográfica;
  • Combinar as dimensões espaciais e temporal – dinâmicas – na interpretação dos fenómenos e processos naturais e humanos;
  • Aplicar metodologia científica na realização de actividades de planejar, executar e avaliar o processo de ensino e aprendizagem;
  • Combinar os distintos fenómenos e elementos físico-geográfico, económico, social e ambientais;
  • Utilização, produção e disseminação de conhecimentos voltados para o ensino de Geografia no 1º e 2º Ciclo do Ensino Secundário;
  • Mobilizar saberes de outras disciplinas para desenvolver uma perspectiva integrada do território;
  • Avaliar diferentes representações do espaço geográfico;
  • Compreender o funcionamento do Sistema Terra e dos seus subsistemas;
  • Compreender a articulação das diversas escalas geográficas na interpretação dos fenómenos e processos naturais e humanos.

        Ao nível do saber fazer (conhecimento instrumental):

  • Adequar os métodos e as técnicas às diferentes perspectivas e problemas geográficos;
  • Recolha, tratamento e representação gráfica e cartográfica de forma crítica informação sistemática de base territorial;
  • Dominar as metodologias e técnicas do trabalho de campo;
  • Participar na elaboração de estratégias e intervenções de desenvolvimento territorial em diferentes escalas geográficas;
  • Utilizar métodos e técnicas adequadas para a comunicação de resultados.

Definição das saídas profissionais (campos de actuação).

  • Formar professores de Geografia com perfil aceitável que reflicta um conhecimento global, nas áreas de Geografia e nas Ciências da Educação.

PROJECTOS EM CURSO

  • Nomes geográficos da Província de Benguela.
  • Trabalho de campo em ciências geográficas com os professores do II ciclo do município de Benguela.
  • Avaliação de impacto ambiental dos cemitérios: o caso da periferia urbana da cidade de Benguela.
  • Caracterização ambiental de resíduos da cidade de Benguela.
  • Estratigrafia e Hidrogeologia dos depósitos aluvionares nos sectores jusantes de rio Catumbela e Cavaco.
  • Gestão integrada de riscos e impactos ambientais no sector costeiro centro-sul(Benguela-Kwanza-Sul).

PARCERIAS

O DCN, tem parcerias com as seguintes instituições:

  • Administração Municipal da Egito Praia
  • Administração Municipal do Lobito
  • Administração Municipal do Cuanza Sul
  • Lodje Kapembawé
  • Parque Nacional da Chimalavera
  • Direcção Provincial da Educação
  • Pescarias da Baia-Farta

Informações recentes

Arquivo